Publicado por: jromarq | 08/08/2009

Justiça ordena seqüestro de bens no caso Alstom. Bye-bye Serra 2010

phm

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo deferiu pedido do Ministério Público e determinou o seqüestro de bens de envolvidos no caso Alstom. A decisão, da juíza Maria Gabriela Spaolonzi, torna indisponíveis os bens do ex-deputado tucano  Robson Marinho, que atualmente é  conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Jorge Fagalli Neto, José Geraldo Villas-Boas e mais 12 pessoas e empresas envolvidas com a propina da Alstom.

Fonte: Site Oficial do jornalista Paulo Henrique Amorim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: