Publicado por: jromarq | 14/05/2010

Heróicas vozes censuradas

Querem calar os protagonistas da
democracia e do Estado de Direito
 

A tucanada ensandeceu de vez. Querem calar não apenas Dilma, mas o próprio Presidente da República! O PSDB vem entrando, sistematicamente, com ações contra pronunciamentos oficiais de Lula  e programas institucionais do Partido dos Trabalhadores na TV. Lula, nosso chefe de Estado, tem não apenas o direito democrático e constitucional de dirigir-se à Nação sempre que for necessário; de fato, tem o dever institucional. Com todos esses movimentos insanos, os tucanos apenas consolidam de forma gradativa e irreversível sua imagem antidemocrática, elitista e totalitária. Tais ações são, portanto, absolutamente ilegítimas, um verdadeiro disparate. As vozes de Dilma e Lula vem sendo cerceadas de maneira contumaz. Porém, aqui você terá oportunidade de assistir o programa do PT censurado pelo pseudolegalismo tucano-demonista, clicando na imagem acima. A propósito, um alerta. Particularmente apóio o Ficha Limpa. Contudo, como levar a sério um projeto cuja relatoria ficou a cargo do sinistro Demóstenes Torres do DEM e do megamensalão? Senhor Torres, “proeminente” senador atrelado até o último fio de cabelo tosco aos esquemas nefandos de J Serra e toda a sua corriola demo-tucanista. Como supor que um cidadão de passado suspeito e presente questionável tenha legitimidade ética ou moral para conduzir – isso mesmo! – encaminhar com interferência crítica uma questão de tamanha relevância; de importância crucial ao país?! É a mesma probabilidade de encontrarmos pedra preciosa nas entranhas dos mais putrefatos esgotos.

Anúncios

Responses

  1. É. Parece que o Golpe Militar de 64 dá frutos até hoje. Querem criar um “Martir” da Ditadura. A Dilma. Mas será que sua participação foi tão relevante? Só agora no governo Lula é que a conhecemos….

    • Cara Victória. Fico, mais uma vez, bastante honrado com sua participação. Não é necessário tentar transformar Dilma em mártir. Entre centenas de outros companheiros incógnitos trucidados pelos carrascos da ditadura militar, Dilma foi martirizada; e o foi, sobretudo, como mulher. A história registra os fatos; os arquivos hediondos do DOI-CODI também (em muitos momentos de maneira irônica e sarcástica, comparando Dilma a heroína francesa Joana d’Arc). Evidentemente não convém aqui entrar nos detalhes sórdidos referentes às atrocidades sofridas pela companheira Dilma nas mãos dos verdugos fascistóides. Entretanto, toda mulher esclarecida em termos políticos, no meu modesto e limitado entendimento masculino sobre essa questão, deveria, no mínimo, solidarizar-se com as agruras suportadas por Dilma Rousseff naquele nefasto período, a despeito de posições políticas ou partidárias. Por outro lado, há um aspecto que poucos entendem sobre as figuras heróicas daquele período de lutas para a restauração do Estado de Direito: entre os guerreiros da democracia não havia estrelas, não havia celebridades; a luta era coletiva e pela coletividade. Além disso, não existia, óbvio, liberdade de expressão: a mídia era controlada e cerceada; a produção artística era monitorada. Vigia a alienação coletiva engendrada por um eficaz processo de lavagem cerebral imposto à opinião pública, através da televisão (sobretudo a TV Globo, a mídia oficial do regime). Desse modo, os companheiros combatentes viviam no ostracismo, e quando entravam em evidência eram tachados como facínoras, inimigos do Estado. Portanto, é perfeitamente compreensível que apenas após o fim da ditadura aqueles que conseguiram sobreviver puderam levar uma vida normal, expondo, inclusive, suas identidades sociais.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: