Publicado por: jromarq | 27/07/2010

Igualdade racial

O Brasil mudou. O PBQ (Programa Brasil Quilombola) proporciona aos quilombolas acesso à saúde, educação, moradia, energia elétrica e o direito à terra.

Reconhecendo a dívida histórica do Estado com a população negra, o governo Lula criou a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. A pasta coordena políticas voltadas para o segmento em diferentes ministérios, além de atuar na proteção dos direitos de indivíduos e grupos raciais e étnicos afetados pela discriminação e demais formas de intolerância.

Juntos, os governos federal, estaduais, municipais e a sociedade civil pavimentam um caminho de oportunidades e conquistas para os negros. Veja alguns exemplos: 

Educação

  1. Em 2003 foi instituída a Lei 10.639, que determina a obrigatoriedade do ensino da história e da cultura afro-brasileira e africana nos currículos escolares. De lá para cá, o governo Lula vem realizando cursos de formação para capacitar professores nessa temática.  
  2. Criado em 2009, o Programa Institucional de Iniciação Científica (Pibic) oferece bolsas de R$ 360 por mês para estudantes que entraram na universidade por ação afirmativa.
  3. Criado em maio de 2010, o Programa de Concessão de Bolsas de Mestrado e Doutorado para apoiar a produção científica de estudantes negros contemplará 250 alunos oriundos do ProUni no segundo semestre deste ano. 

Brasil Quilombola

O Programa Brasil Quilombola (PBQ) proporciona aos quilombolas acesso a serviços e bens básicos, como saúde, educação, moradia, energia elétrica e o direito à terra.

Ouvidoria

Cerca de 400 cartas, 1.200 e-mails e 2.800 telefonemas são recebidos e atendidos mensalmente pela Ouvidoria da Seppir, criada em 2004. As demandas vão de orientações sobre como proceder em casos de discriminação a encaminhamento de denúncias de racismo.

Fonte: Dilma13

Anúncios

Responses

  1. Olaaaaaa. Eu amei os teus comentários…. estou visitando o seu blog já há algum tempo… Parabéns!!!! Não sei se costuma respoder aos comentários, mas de qq forma… é bom poder compartilhar este tipo de crítica….

    • Companheira Ana Luiza. Muito obrigado por suas amáveis palavras. Estou convicto de que, a partir de outubro, o Brasil iniciará um novo marco em seu processo de desenvolvimento sociocultural: abandonaremos o modelo patriarcal – com todas as suas mazelas – para assumirmos o mátrio poder sob o comando de nossa grande líder, Dilma Rousseff, futura presidente do Brasil. Um forte abraço!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: