Publicado por: jromarq | 08/08/2010

Carta apócrifa

 

 Mantega afirma que dossiê
da Folha é apenas carta apócrifa

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse no Rio, seis de agosto, que acha estranho uma carta apócrifa ter sido transformada em dossiê. A declaração se refere a uma reportagem publicada pela Folha seguramente divulgada com o propósito de “promover” a campanha de J Serra, através da qual afirma-se que Mantega foi alvo de um dossiê elaborado pela ala do PT egressa do sindicalismo bancário.

Palavras do ministro Mantega a respeito do tema, criticando frontalmente a reportagem espúria da Folha: “Dar crédito a uma carta apócrifa? O que acho estranho é um jornal respeitável transformar uma carta apócrifa em dossiê. É como um passe de mágica. Parece o rei Midas, que transformava coisas em ouro, só que ao contrário. Transforma ouro em não sei o quê. Não sei a que ponto chegamos. Acho que faz parte da campanha eleitoral. Nenhum jornal que se preze deveria dar crédito a cartas apócrifas, que, aliás, não trazem nada de substancial”. Se Mantega, suposta vítima do pseudodossiê, está revoltado com a falta de ética; com a falta de escrúpulos do grupo Folha, imaginem o restante da opinião pública. Podemos, então, dar o caso por encerrado!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: