Publicado por: jromarq | 03/09/2010

Os equívocos de Marina

A escritora Ester Neves desenvolve um esclarecedor arrazoado sobre a “Visão equivocada de Marina”.

  • Ester Neves é escritora – autora, entre outros, dos seguintes livros: 1) Uma Ex-tucano Que Caiu na Real; 2) O Papel Social da Mulher Cristã; 3) Frágil? Nem Tanto – A História de Uma Trabalhadora Brasileira Vítima do Neoliberalismo.

Marina Silva foi ministra do Meio Ambiente, do governo Lula, por sete anos. Não resta a menor dúvida da sua competência e confiança que desfrutava, pois, se não fosse assim, não teria permanecido no cargo por tanto tempo.

Em sua gestão à frente dessa pasta tão importante, certamente Marina acumulou vitórias e derrotas. Não viu prosperar os avanços que desejava. Porém, sendo Marina uma pessoa honesta, como penso que é, não pode deixar de reconhecer que suas maiores dificuldades não foram frutos da falta de vontade do governo Lula, e sim fruto da democracia brasileira ainda ser muito frágil. Ou será que Marina pensa que o governo Lula deveria ter fechado o Congresso, mandado os ruralistas pastar junto com o seu gado, para fazer as reformas que ela julga serem necessárias?

Não se estabelece a democracia por decreto. A democracia é construída através de um processo. Não resta a menor dúvida que o PT é o partido que sempre esteve na dianteira, alavancando o processo democrático em nosso país. Creio que em nenhum outro partido a Marina teria ido tão longe, como foi no PT.

Mas, infelizmente, o que fez Marina? Ao invés de continuar no PT, ajudando a consolidar o processo democrático para os avanços necessários, preferiu cuspir no prato que comeu.

Sabe-se que as queimadas no Brasil, principalmente promovida pela atividade rural, poluem mais do que todos os demais setores juntos da atividade produtiva brasileira. Portanto, creio que a bancada ruralista do Congresso, retratada nos políticos do DEM, foi o calcanhar de Aquiles de Marina.

A situação de Marina hoje é tão esdrúxula que vemos o seguinte quadro: No Rio de Janeiro, o Sr. Gabeira, candidato ao Governo do Estado pelo seu partido, o PV, tem como aliados o PSDB e DEM, portando, o inimigo número um do meio ambiente. Pode? O que se passa pela cabeça de Marina? O que a levou a adotar postura tão incoerente? Será que foi picada pela mosca azul, e se deixou cooptar pelo PV e seus aliados como PSDB e DEM?

Marina como ministra não teve força suficiente quando os inimigos estavam do outro lado. O que a faz supor que terá força agora, caminhado lado a lado com essas “raposas felpudas”?

Anúncios

Responses

  1. RT no Twitter :: Ana Oliveira, Paulo Stockler :: http://t.co/3vSviQK


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: