Publicado por: jromarq | 09/10/2012

Meu desagravo a Dirceu

Por que devemos anuir ou avalizar decisões tomadas por esse colégio de togados que não precisa submeter seus postos, seus cargos públicos à sanção do Povo, através do voto? Aliás, cabe ressaltar que todos eles são funcionários públicos. Portanto, somos nós, o Povo, que pagamos suas régias remunerações; e isso aumenta, ainda mais, meu sentimento de revolta e indignação

Respondam-me, por favor: “Nós devemos aceitar a decisão do PSTG, por quê?” O PSTGPartido do Supremo Tribunal Golpista, “livrou a cara” dos seguintes meliantes (apenas para citar dois exemplos): os banqueiros Daniel Dantas e Salvatore Cacciola. Esse   tribunal de exceção inocentou Fernando Collor de Mello! J Barbosa, o relator do processo, muito tempo antes do “julgamento”, afirmara em público, inúmeras vezes, que votaria pela condenação de Dirceu. Ou seja, declarou com todas as letras que votaria sem examinar os autos dos argumentos da defesa. Ora, se um magistrado de instâncias inferiores, antes de um julgamento, proferir em público semelhante afirmação, salvo equívoco de minha parte, poderá ser impedido de comandar o tribunal. Contudo, os supremos ministros são intocáveis, tudo podem e a ninguém devem satisfações. R Gurgel, procurador geral da república que denunciou o caso, vem obstando sistematicamente, de todas as formas possíveis e imagináveis, o andamento das investigações referentes a CPMI do Cachoeira (esse sim o maior escândalo político de corrupção de toda a história republicana brasileira). Sendo assim, por que devemos anuir ou avalizar decisões tomadas por esse colégio de togados que não precisa submeter seus postos, seus cargos públicos à sanção do Povo, através do voto? Aliás, cabe ressaltar que todos eles são funcionários públicos. Portanto, somos nós, o Povo, que pagamos suas régias remunerações; e isso aumenta, ainda mais, meu sentimento de revolta e indignação. Então, esclareçam-me por obséquio… Estou com uma “brutal dificuldade” de entendimento.  Repito: “Por que devemos aceitar a decisão do PSTG?”. Com efeito, não devemos NÃO! Precisamos reagir, e de forma dura, categórica. O que ocorreu no Supremo Circo não poderia ter sido outra coisa: “Uma verdadeira palhaçada!”. Nossa jovem “Democracia” está de luto, e, neste estado, permanecerá durante muitos anos – ainda que, algum dia, por algum desses milagres proporcionados pelo destino, nosso companheiro e eterno líder Dirceu venha a ser inocentado em outro tribunal, em outro julgamento. Serei bastante severo em meu arrazoado: trata-se de um episódio ainda mais grave e hediondo do que o golpe militar que submeteu nosso país a uma odiosa e sanguinolenta ditadura, muito pior do que o AI-5. Nesses nefandos idos, pelo menos sabíamos com quem estávamos lidando; os facínoras estavam de um lado e os guerreiros heróicos (entre eles, Dirceu) de outro. Simples assim. Agora, não! Os facínoras “ultrajam-se” de togas e alguns de nossos guerreiros sentam no banco dos réus, e tudo sob a obstinada anuência, sob o implacável abrigo da imprensa neoliberal elitista, da imprensa golpista. No meu modesto entendimento instaura-se e consolida-se, a partir de hoje, em sombria data histórica, um novo regime: o Judicialismo. Regime que nos atola num clima tanto mais inquietante e perturbador pelo seu intrínseco caráter de articulação de poderes no submundo da política, pela sua inesgotável capacidade de atuação nessa área. Portanto, um regime espúrio, mas intensamente atuante nas entranhas, nas vísceras do legítimo regime empossado pelo Povo. É a “vitória” da prepotência, da tirania, do desmando dos vilões. Preceitos fundamentais de nossa Constituição Federal foram, simplesmente, rasgados: agora, qualquer um pode ser acusado e condenado sem o ônus da prova e, até, sem julgamento. Dirceu e Genuíno foram acusados e condenados sem provas e sem julgamento. Escrevi, há pouco, que nossa jovem Democracia está de luto. Pois serei mais duro: “Nove de outubro de 2012, morre a Democracia Brasileira“.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: